Desafio 5 – Atuar2019-11-06T19:15:53+01:00

Aquilo que te move é a ação? O que te interessa é marcar a diferença no terreno? Palavras são de prata, mas ações são de ouro? Então este pode ser o teu Desafio!

O último Desafio que te propomos é .. atuar! Pôr a mão na “Cortaderia”, marcar a diferença! Falar sobre o problema das invasões é muito importante, mas fazer algo para as combater é essencial! Neste Desafio, podes ajudar a controlar a invasão da erva-das-Pampas. Cada indivíduo feminino desta espécie pode produzir milhões de sementes muito pequenas e leves, que são facilmente dispersas pelo vento. Existem várias coisas que todos podemos fazer a nível pessoal / institucional (ver: http://invasoras.pt/gallery/cortaderia-selloana/ em “controlo”), mas neste Desafio o que pretendemos é algo muito simples: arrancar ou cortar as plumas ou plantas pequenas, sempre bem protegido para não te cortares nas folhas. Só isto! É na época de floração que esta espécie se torna bastante visível e facilmente reconhecível. Ao arrancar / cortar as plumas, ainda antes da dispersão das sementes (setembro – novembro) estamos a evitar que estas se espalhem e que formem novos indivíduos, muitas vezes em sítios onde antes não existiam.

Queres saber como proceder? É muito simples!

1 – Inscreve-te

Carrega aqui para te inscreveres

2 – Procura!

Procura erva-das-Pampas em flor em locais onde possas intervir (no teu jardim ou terreno, em alguma área baldia, em algum terreno público em que possas pedir autorização para intervir, etc.).

3 – Protege-te!

As folhas da erva-das-Pampas são serrilhadas e podem causar ferimentos. Usa sempre manga comprida, calças e luvas para procederes à remoção das plumas.

4 – Arranca!

Depois de devidamente protegido, só tens que arrancar as plumas! Esta tarefa é relativamente fácil quando as plumas são jovens, mas se não as conseguires arrancar … CORTA! Também podes arrancar plantas jovens.

5 – Corta!

Uma tesoura de poda é o mais aconselhável, a tarefa torna-se muito simples. Em poucos minutos podes cortar todas as plumas de uma planta!

6 – Ensaca!

Após cortar as plumas, é importante que as coloques dentro de um saco de plástico e que este fique bem fechado, até as plumas apodrecerem. Isto é ainda mais importante se cortares as plumas entre setembro e novembro, quando a erva-das-Pampas já pode ter sementes. Ao cortar as plumas podes estar a ajudar a disseminar as sementes e a transportá-las para mais longe. Neste caso, o ideal será colocar o saco de plástico na pluma antes de a cortares, para que as sementes caiam para dentro do saco e não para o chão. Na via das dúvidas se as plantas já têm ou não sementes, podes utilizar sempre esta metodologia. Se não puderes levar as plumas contigo, podes fazer um buraco grande no chão e enterrar as plumas (com pelo menos 2 ou 3 palmos de terra por cima). Este é absolutamente o mínimo!! Se as plumas não ficarem bem enterradas ou se a terra for remexida, as sementes podem germinar e o teu esforço foi em vão.

7 – Envia-nos o teu esforço

Já arrancaste. Já cortaste. Já ensacaste. O que falta? Enviar-nos essa informação! Tira fotos, faz um vídeo, o que preferires. Envia-nos um email com o número de plumas cortadas por erva-das-Pampas / número de plantas arrancadas (apenas as pequenas, as maiores são impossíveis de arrancar à mão) e número de voluntários mobilizados, sempre acompanhado com fotos para que sirva de “comprovativo”. Tira fotos antes e depois da intervenção! Só será avaliado um trabalho por equipa e os trabalhos são enviados apenas no fim (Maio 2020), pelo que podes intervir em várias áreas e enviar-nos o trabalho com os melhores resultados. Podes enviar essa informação para: lifestopcortaderia@esac.pt.

 

NOTA: Este desafio é mais indicado para a época de floração, quando as plantas estão bastante visíveis devido às suas plumas vistosas. Contudo, durante o inverno e até à próxima época de floração, podemos atuar à mesma! Como? Arrancando plantas pequenas! Até à altura do joelho (meramente indicativo) arrancam-se à mão com relativa facilidade. Para quem quiser ir mais longe e tiver essa possibilidade, pode arrancar as plantas maiores dos seus terrenos recorrendo a ferramentas ou maquinaria. O que interessa é participar! 🙂