Problemática no Arco Atlântico2019-03-26T12:40:40+02:00

Problemática no Arco Atlântico

O espanador é uma espécie nativa da América do Sul, especificamente a área subtropical do Brasil, Chile e os Pampas da Argentina e do Uruguai. Habita áreas ribeirinhas, margens de cursos de água e áreas húmidas onde o lençol freático aflora, sempre em áreas oceânicas temperadas com invernos suaves.
Fora do âmbito da América do Sul, a erva-das-pampas apresenta um caráter exótico invasor que tem sido observado em lugares tão diversos quanto a América do Norte, Austrália e Nova Zelândia, África do Sul e Europa. Na Europa, a erva-das-pampas está presente como espécie exótica invasora nos países do Arco Atlântico: Portugal, Espanha, França, Bélgica, Holanda, Irlanda e Reino Unido; em países do Mediterrâneo, como a Itália e a Grécia, e em países da Europa Central, como a República Checa, de acordo com a Rede Europeia de Informação sobre Espécies Exóticas (EASIN).

A fim de reduzir o impacto da erva-das-pampas sobre o ambiente do Arco Atlântico e luta contra a propagação da espécie e para sua eliminação na natureza, propôs-se o projeto LIFE Stop Cortaderia. Este projeto, durante cerca de cinco anos, trabalhará para gerar conhecimento científico e gestão, que permita lutar contra a erva-das-pampas no Arco Atlântico, ao mesmo tempo que se estabelecem redes de cooperação e coordenação entre os governos de diferentes regiões do Arco Atlântico e se gera uma consciência de massas sobre os problemas causados no meio ambiente, economia e saúde causados pela presença da erva-das-pampas.

Países de Europa con invasión de plumero

Parceiros do projeto LIFE Stop Cortaderia e Assessoria Rural Rural

Socios del LIFE Stop Cortaderia con Jesús Oria, Consejero de Medio Rural de Cantabria